Domingo, 15 de Dezembro de 2013

Ao Nílton, 'contribuinte que faz stand up Comedy mas também escreve livros, edita DVD, faz rádio e televisão quando assim tem de ser. '

Nílton, vamos falar de coisas sérias.

Prometo ser breve.

 

Não vou fazer nenhuma apreciação do teu tipo de humor, porque cada um tem o estilo que tem e o mundo só tem a ganhar com esta diversidade. Não gosto, não vejo. É uma equação simples.

 

Não me conheces, e eu de ti só de ouvir falar.

Eu trabalho em criação, sou publicitária, escrevo coisas..e é simplesmente nesta condição que te venho escrever.

 

Não estou nisto há muitos anos, mas se houve uma coisa que percebi logo é que o trabalho de um autor, de uma pessoa que trabalhe em áreas criativas, é um trabalho de actualização diária, constante, porque, como é lógico, precisamos de ver o que é e já foi feito para fazermos diferente. É a nossa OBRIGAÇÃO, e é realmente um trabalho à séria e que tem de ser levado a sério. Ponto final.

Acho que estamos todos de acordo.

 

Reiventar a roda com uma pistola chamada prazos, apontada à cabeça, é uma tarefa árdua e de uma grande responsabilidade - não tanto como ter andar 50km para buscar água num país do 3º mundo - mas é isso que faz do que nós fazemos uma profissão a sério, porque eu sou da opinião que criativos somos todos.

 

O que é isto, em termos práticos? Simples.

Se eu tenho a ideia para uma campanha, antes de a apresentar tenho o dever de ir ver, de pesquisar, se já foi feita. É o meu trabalho, faz parte das minhas funções, e não sou eu que estou a inventar isto..está lá na descrição da função de criador.

Por três razões: pelo amor ao meu trabalho, pelo respeito do trabalho dos outros e pela consideração com o meu público.

Tenho demasiado apego pela minha carreira e pela educação que me deram…e no fundo, é porque não é para isso que me pagam.

 

Claro que a fronteira de "foi inspirada" e a "foi copiada", às vezes, é muito ténue, depende sempre da sensibilidade de cada um. E, se por algum infortúnio isso acontecer, porque ninguém está livre disso e há coincidências, tenho também o dever de mostrar humildade e me desculpar..tenho de ser responsabilizada, ponto final.

Em Portugal, a propriedade intelectual é altamente negligenciada, e eu sei do que falo porque infelizmente também já fui alvo de apropriações menos inocentes. Basicamente, nesta Ocidental Praia, estamos todos a depender do bom senso e da boa educação de cada um..e é por isso que trabalhar em criação é um trabalho, por vezes, muito ingrato.

 

 

 

Isto, isto NÍlton, que tu dizes para justificar o teu trabalho, são argumentos de merda.

 

 

 

 

Só reflectem a tua preguiça em fazer piadas sobre a "actualidade", que pelos vistos TODA A GENTE já fez, dois dias depois de acontecer...e a tua monumental falta de ética. Ofendem-me. 

 

Assustam-me pessoas como tu, que representam tudo aquilo que eu abomino na indústria e o que a tornam tão ingrata.

 

Resumindo, o que eu te queria pedir era isto: Pára com isso, por favor.

 

 

Nota: Antes que se ponham com coisas, aquela imagem de um manguito como imagem de perfil, não fui eu que a alterei em photoshop, foi mesmo o Nílton que a colocou..algo me diz que é para simbolizar toda a sua humildade, a sua melhor qualidade.

 

 

 

publicado por Cátia Domingues às 17:20
link do post | Aplaudir | favorito

.Existentialism


. Who am I?

. Stalking me

. 32 seguidores

.subscrever para vossas casas.

.Agora também sou moderna.

.Bird is the word

.Espectadores

Free Web Counter
Web Counter

.Recent shows

. #SomosTodosDomDinis

. Escala cinza

. Desculpem o Transtorno.

. Nem o Portugal-Islândia m...

. Não é mais um texto de um...

. Isto não é uma crise de r...

. Verão é paixão, é cerveja...

. Eis como o casamento entr...

. Mas isto não é um profess...

. Voltei. Adeus.

. O que não te perguntaram ...

. O que não te perguntaram ...

. O que não te perguntaram ...

. O que não te perguntaram ...

. O que não te perguntaram ...

. "Gorda do Dia"

. O que não te perguntaram ...

. O que não te perguntaram ...

. Carta da Guerra

. Duas mil pessoas? UPPA, U...

. "Gorda do Dia"

. Não é preciso abortar par...

. "Gorda do Dia"

. Camões, partiste um mês c...

. "Gorda do Dia"

. "Gorda do Dia"

. O que não te perguntaram ...

. PPV, o culto que tem medo...

. "Gorda do Dia"

. Compromissos Comerciais:

.Old shows

. Outubro 2017

. Novembro 2016

. Junho 2016

. Fevereiro 2016

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Abril 2015

. Dezembro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

.My Theme Song

.tags

. todas as tags

.pesquisar

.links

.links