Sexta-feira, 29 de Agosto de 2014

O que não te perguntaram no Verão passado - Filipe Homem Fonseca

O convidado desta semana é o Filipe Homem Fonseca, argumentista, dramaturgo, humorista, músico e realizador. O Filipe nasceu em Lisboa no final do ano de 74, tendo acompanhado a revolução directamente da barriga da mãe, que recorda esse dia como, "o dia em que senti que carregava o Marco do Big Brother no ventre". Viveu uns tempos na floresta amazónica para escrever o documentário Curiua Catu, tendo regressado riquíssimo e com menos espelhos e coca-colas na mala.

 

"Se não podes juntar-te a eles, vence-os" é o nome do seu livro lançado o ano passado, tendo sido também a prenda de Natal que mais gostei, se não contar com a campainha "ring for sex" que a minha tia me ofereceu.

 

É mais do que sabido que o Filipe é dos seres humanos mais interessantes da nossa praça, mas o que muita gente não sabe é que o Filipe é uma pessoa bastante mística, começando na forma como gosta de ser conhecido. O Filipe gosta de assinar como 'FHF', sendo que se tirarmos o H de Homem ficamos com as siglas FF...e não é por acaso. So clever.

 

 

 

Filipe na sua expedição para descobrir o caminho para Alcácer do Sal, porque ouviu dizer que se come um magnífico achigã frito com umas belas migas de batata.

 

 

Filipe Homem Fonseca, por Filipe Homem Fonseca: "Filipe Homem Fonseca define-se como um ser. Gosta de torresmos. E é tudo o que, de momento, tem a dizer de si próprio, porque no Verão fica com uma grande lazeira."

 

 

No monopólio, qual é a peça que escolhes sempre?

A fisga, ou então aquele anãozito com o martelo.

 

Se fosses um Super-Herói que nome te davas?

O Homem-Homem.

 

Parte do frango que gostas mais:

A carne.

 

Banda Sonora da tua vida: André Sardet ou Mafalda Veiga?

Sardet nas partes de acção e porrada, Veiga nas sequências etéreas de sonho.

 

Preferias levar na boca da Gisela do Masterplan ou da irmã da Beyoncé?

Irmã da Beyoncé. A Gisela ganhou ao Undertaker, por isso estão a ver.

 

Se enveredasses pela vida do risco e tivesses um gang, quem preferias recrutar: Pepe ou Quaresma.

Marinho Pinto.

 

Vinho de pacote ou cerveja Cintra?

Sede.

 

Se fosses parar a uma ilha deserta, quem é que escolhias para ir contigo : Kapinha ou Quimbé?

Escolhia afogar-me.

 

Sandálias com meia branca ou Crocs?

Crocs com meia branca, perto de uma falésia em dia ventoso.

 

O que é que compras com uma nota de 50 euros:

Uma pastilha Gorila. Depois, o que comprava com o troco, logo via.

 

Para umas férias: Meco com o Dux da Lusófona ou Comporta com a família Espírito Santo?

Comporta sem família Espírito Santo, não me dou com gente pobre.

 

Como é que reagirias se soubesses que eras adoptado e que os teus pais eram o César das Neves e a Isilda Pegado?

Ria-me, vomitava, doava um rim a uma causa humanitária que não tivesse nenhum uso para ele.

 

Fazes a mala e partes à aventura pelo mundo fora. Preferes apanhar um avião da Malaysia Airlines ou de submarino com o Portas?

Apanhava boleia do Rei Ghob, levava cassetes dos Abba para ouvirmos no carro.

 

Quem anseias ver de topless: Assunção Esteves ou Marinho Pinto.

Marinho Pinto em pelota, com slut stamp. Póster emoldurado sobre a lareira.

 

Nome para uma nova bebida de verão. Swap ou PEC?

BES Zero.

 

O que é que te deu mais auto-estima investir: o BPN ou o BES?

Em matéria de auto-estima, lembro-me sempre do Gustavo Santos e depois cresce-me um frúnculo no meio da testa.

 

Onde é que penduravas os Miró?

Na parte de trás do meu colete de ganga, por cima do dorsal dos Maiden.

 

Estás apeado na serra de Sintra à noite: de quem preferias apanhar boleia, Dino ou Angélico?

Isso seria impossível porque nenhum deles tem carta.

 

Uma ideia para acabar com o conflito israelo-palestiniano.

Uma sardinhada.

 

Carlos Cruz, culpado ou inocente?

De quê?

 

Se ao morreres, encontrasses o Jorge Jesus nas portas do paraíso, o que é que gostarias que ele te dissesse?

Punk’s not dead.

publicado por Cátia Domingues às 12:16
link do post | Aplaudir | favorito
|

.Existentialism

.subscrever para vossas casas.

.Agora também sou moderna.

.Bird is the word

.Espectadores

Free Web Counter
Web Counter

.Recent shows

. Desculpem o Transtorno.

. Nem o Portugal-Islândia m...

. Não é mais um texto de um...

. Isto não é uma crise de r...

. Verão é paixão, é cerveja...

. Eis como o casamento entr...

. Mas isto não é um profess...

. Voltei. Adeus.

. O que não te perguntaram ...

. O que não te perguntaram ...

. O que não te perguntaram ...

. O que não te perguntaram ...

. O que não te perguntaram ...

. "Gorda do Dia"

. O que não te perguntaram ...

. O que não te perguntaram ...

. Carta da Guerra

. Duas mil pessoas? UPPA, U...

. "Gorda do Dia"

. Não é preciso abortar par...

. "Gorda do Dia"

. Camões, partiste um mês c...

. "Gorda do Dia"

. "Gorda do Dia"

. O que não te perguntaram ...

. PPV, o culto que tem medo...

. "Gorda do Dia"

. Compromissos Comerciais:

. Compromissos Não-Comercia...

. "Gorda do Dia"

.Old shows

. Novembro 2016

. Junho 2016

. Fevereiro 2016

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Abril 2015

. Dezembro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

.My Theme Song

.tags

. todas as tags

.pesquisar

.links

.links