Terça-feira, 20 de Março de 2012

Clássico

Ultimamente não consigo escrever muito.

Nem ler.

Nem ouvir música boa.

 

Sei lá, não me apetece.

É quase um esforço estupidamente doloroso.

 

E transpiro esse resíduos todos que me sobram quando não faço nada disto.

 

Estou poucachinha.

 

Entro num quase nada de muito pouco.

 

Já dizia o outro que estava bem onde não estava e que só queria ir para onde não ia.

 

E dizia bem. 

Embora tenha ido para onde eu não quero pôr os pés tão cedo.

 

Até lá, vou acabar de arrumar a mala e rumar em busca de alguma floresta perdida por estes lados.

Preciso de encontrar uns troncos para alimentar a fogueira.

Tem estado um frio húmido. Desconfortável.

E se a labareda apagar, sei que não vou conseguir suportar este frio de primavera.

 

Que típico.

 

Sei que ter uma bigorna em cima da cabeça não me ajuda.

Cansa-me.

Esmaga-me.

O suficiente para não me apetecer ir ter comigo.

Assim como assim fico-me por aqui.

 

Levanto-me sempre com uma parva coruja do outro lado da janela a mirar-me até me levantar. Como. Faço contas de cabeça. E vou no autocarro para casa a pensar naquela coruja que vai estar a servir-me de banda sonora até adormecer.

 

As suficientes para chegar ao final do dia exausta e sem resultado nenhum.

 

E eu, que nem fumava cigarros de manhã, chego ao final do dia e conto o que me resta do maço com os dedos de uma mão.

 

E neste tempo, nem me tento pôr em saltos altos.

A vertigem é demasiada e a confiança suficiente para partir um pé.

 

É pelas contas de cabeça.

 

tags:
publicado por Cátia Domingues às 18:47
link do post | Aplaudir | favorito
|

.Existentialism

.subscrever para vossas casas.

.Agora também sou moderna.

.Bird is the word

.Espectadores

Free Web Counter
Web Counter

.Recent shows

. Desculpem o Transtorno.

. Nem o Portugal-Islândia m...

. Não é mais um texto de um...

. Isto não é uma crise de r...

. Verão é paixão, é cerveja...

. Eis como o casamento entr...

. Mas isto não é um profess...

. Voltei. Adeus.

. O que não te perguntaram ...

. O que não te perguntaram ...

. O que não te perguntaram ...

. O que não te perguntaram ...

. O que não te perguntaram ...

. "Gorda do Dia"

. O que não te perguntaram ...

. O que não te perguntaram ...

. Carta da Guerra

. Duas mil pessoas? UPPA, U...

. "Gorda do Dia"

. Não é preciso abortar par...

. "Gorda do Dia"

. Camões, partiste um mês c...

. "Gorda do Dia"

. "Gorda do Dia"

. O que não te perguntaram ...

. PPV, o culto que tem medo...

. "Gorda do Dia"

. Compromissos Comerciais:

. Compromissos Não-Comercia...

. "Gorda do Dia"

.Old shows

. Novembro 2016

. Junho 2016

. Fevereiro 2016

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Abril 2015

. Dezembro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

.My Theme Song

.tags

. todas as tags

.pesquisar

.links

.links